Campus Lagoa do Sino da UFSCar busca apoio para cursinho popular

Data: 29/03/17 11:35:06

O Cursinho Popular Carolina Maria de Jesus – Educação Libertadora, do Campus Lagoa do Sino da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), iniciou um projeto de financiamento coletivo para arcar com os custos de material didático para seus alunos. Após uma avaliação realizada com os estudantes no final do ano passado, foi constatado que a existência de uma apostila seria imprescindível para auxiliar na aprendizagem, visto que, por virem de uma realidade educacional completamente defasada, até mesmo a organização de estudo se torna complexa.

Como seria impossível adquirir materiais didáticos específicos devido ao seu alto custo, foi realizada uma parceria com os cursinhos populares da Unesp, que cederam apostilas cobrando apenas pelo preço de impressão do material. Para que todos os 90 alunos da turma de 2017 possam ter melhores condições de estudo, são necessários R$ 13 mil, que compreendem a impressão e encadernação. Os interessados em contribuir devem acessar o site www.catarse.me/financie_o_carolina. Os alunos serão orientados e estimulados a preservarem as apostilas para que elas possam ser usadas nos próximos anos por outros estudantes.

O projeto de extensão, que é totalmente gratuito, tem o objetivo de garantir mais chances de acesso à universidade para os moradores da região de Buri, Campina do Monte Alegre e Angatuba, fornecendo um ensino de qualidade, que se comunica com a realidade social dos alunos, e preparando os estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), assim como para outros vestibulares.

Conhecida como ramal da fome, a região para qual o cursinho presta serviço conta com péssimos índices de desenvolvimento humano, os mais baixos do Estado de São Paulo, além de pouca diversificação do mercado de trabalho, representadas por baixíssimas taxas de entrada em cursos superiores. Tendo em vista essa realidade, desde 2016, cerca de 50 voluntários, divididos entre alunos, servidores da UFSCar e pessoas da comunidade externa, passam uma nova noção de ensino para região, gerando senso crítico, uma maior participação coletiva e mais igualdade no processo educativo.

Em 2017, já foram colhidos frutos de aprovações em universidades públicas e em provas de bolsas de estudos, sem contar o incentivo ao estudo e a valorização aos projetos pessoais dos estudantes. Apesar de gratuito para os alunos, o cursinho tem gastos como alimentação, transporte, impressão de simulados, materiais de apoio para as aulas, palestrantes, dentre outros, que são quitados por meio do apoio de parceiros que compartilham dos ideais da proposta.

As aulas do Cursinho Popular Carolina Maria de Jesus – Educação Libertadora, do Campus Lagoa do Sino da UFSCar, ocorrem de segunda a sexta-feira, das 19 ás 23 horas, em Campina do Monte Alegre. Mais informações pelo telefone (15) 3256-9000, pelo email cursinho.carolina@gmail.com ou no Facebook, em www.facebook.com/cursinhopopularcarolinamariadejesus.

Carolina Maria de Jesus: Nascida em 1914 em uma comunidade rural na cidade de Sacramento, em Minas Gerais, Carolina Maria de Jesus é exemplo de mulher, de força de vontade e resiliência, características estas que fizeram dela uma das escritoras brasileiras mais expressivas, tendo suas obras traduzid as em mais de dez idiomas. Negra, semianalfabeta, moradora de periferia, catadora de material reciclável e mãe solteira, Carolina começou sua carreira usando os cadernos encontrados nos lixos que vasculhava para escrever seus pensamentos cotidianos e refletir sobre o cenário de desigualdade, bem como as condições humanas. Sua obra e imagem mantiveram-se subvalorizadas e apagadas por anos, até que conseguisse notoriedade. No total, publicou milhares de páginas, sendo seis romances, mais de cem poemas e cerca de 67 crônicas.