Curso de Pós-Graduação da UFSCar forma profissionais para o novo mercado audiovisual

Data: 17/03/17 09:50:33

O mercado audiovisual evolui sem parar. As mídias tradicionais se transformam cada vez mais rapidamente e a dramaturgia, o entretenimento e o jornalismo são assistidos de uma maneira inteiramente nova. O conceito de programação caiu por terra. Integrantes de uma mesma família se reúnem na sala, mas para assistir conteúdos diferentes simultaneamente. O espectador atual é capaz de navegar pelos websites, redes socais, dispositivos móveis e ao mesmo tempo zapear pelos canais de TV até encontrar algo que o interesse.

Segundo o professor João Carlos Massarolo, docente do Departamento de Artes e Comunicação (DAC) da UFSCar, a participação da audiência também mudou. "A produção audiovisual contemporânea necessita criar canais de comunicação para que o usuário possa participar, quer seja no processo de criação, na divulgação ou na interatividade pelas multiplataformas", ressalta.

Os projetos transmídias, que contam histórias por meio de várias mídias que se relacionam e se complementam, também são parte desta evolução e ocupam cada vez mais espaço no mercado. Sendo assim, é urgente, com essa nova realidade, uma nova lógica de criação, produção e distribuição para as diferentes plataformas. As empresas e os profissionais da área já sentem a necessidade de atualização.

Há poucos cursos, no entanto, capazes de oferecer capacitação para as mais diversas plataformas midiáticas. Uma pós-graduação que tem se destacado na área com disciplinas e conteúdos inovadores é a especialização em Produção de Conteúdo Audiovisual para Multiplataformas (EAM) da UFSCar, que recebe inscrições para uma nova turma até o dia 29 de abril.

Matheus Carvalho, publicitário e estudante do curso, conta que buscou a especialização para ter uma visão mais ampla do que estava sendo demandado pelo mercado. "Além disso, é uma ótima oportunidade para enriquecer os contatos com outros profissionais da comunicação. Essa troca de informações enriquece mais ainda as aulas", comemora. Já Glaucia Chiarelli, jornalista há bastante tempo no mercado e também aluna da EAM, relata que a partir do curso já teve novas oportunidades. "Nós temos conteúdos acadêmicos e aulas práticas com professores com vasta experiência", ressalta.

Com uma abordagem multidisciplinar e um corpo docente diversificado de especialistas da UFSCar, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, da FAAP, da Anhembi Morumbi, e outras universidades, o curso é voltado a profissionais de Televisão, Cinema, Marketing e Publicidade, Design e demais interessados no estudo das relações entre franquias de mídia, processos comunicacionais e conteúdos em rede. Com um baixo investimento, os estudantes terão acesso a disciplinas como Transmídia, vídeos sob demanda, projetos multiplataformas e empreendedorismo e inovação (startup audiovisual). O único pré-requisito é ser graduado.

As aulas são realizadas quinzenalmente, aos sábados, no Campus São Carlos da UFSCar, a 230 km da capital. As inscrições podem ser feitas pela internet, em www.geminisufscar.com.br/especializacao, site no qual há outras informações. O cu rso está vinculado ao Grupo de Estudos sobre Mí dias Interativas em Imagem e Som (GEMInIS) do Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som (PPGIS) da UFSCar. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo email especializacao.multiplataforma@gmail.com.