FAI-UFSCar inaugura segundo prédio e amplia atendimento 

Data: 16/09/16 09:18:22

A Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Federal de São Carlos (FAI-UFSCar) inaugurou no dia 19 de maio de 2016, o edifício dois, localizado defronte à FAI sede na área Norte do Campus São Carlos. A solenidade contou com a participação do reitor Targino de Araújo Filho, do vice, Adilson de Oliveira, da diretora da FAI, Lourdes de Souza Moraes, de pró-reitores, professores, pesquisadores, além de diversos colaboradores.

O novo prédio abriga os programas de fomento da Universidade, como a Agência de Inovação, o Escritório de Apoio à Pesquisa e a Gerência de Engenharia. “A inauguração deste espaço marca a expansão da FAI”, frisou a diretora. Ela disse que muitas conquistas atuais da FAI são fruto de várias gestões. “Essa construção estava aprovada desde 2010 e, em 2014, conseguimos os recursos via Fundo Patrimonial para viabilizar a obra”, destacou.

Lourdes Moraes aproveitou a oportunidade para agradecer os colaboradores da FAI pelo trabalho que desempenham. “Muitas pessoas não conhecem os números da FAI e não têm dimensão do nosso tamanho”, salientou. A diretora mostrou que em 2015 foram captados 116 novos projetos; em reais, o valor captado foi de R$ 65 milhões. “Ao todo gerenciamos 563 projetos, ou R$ 145 milhões”, mostrou.

Para o reitor da UFSCar, o tamanho da FAI representa o crescimento da Universidade. “A FAI cresceu e se dinamizou porque reflete o crescimento e a qualidade dos nossos pesquisadores. Quanto maior a FAI, maior os nossos trabalhos”, ressaltou. Segundo o reitor, é fundamental reconhecer que a expansão da FAI, com investimentos em infraestrutura predial e de telecomunicações, significa “a devolução dos recursos para a universidade. Esse é um patrimônio de todos nós e da sociedade”, ressaltou.

“A dedicação da FAI ficou marcada para mim na realização da SBPC. A FAI é um exemplo. Em muitas universidades as fundações são um problema, aqui não, é um exemplo de eficiência”, destacou o vice-reitor Adilson de Oliveira.