UFSCar abre pós-graduação para profissionais do setor sucroenergético

Data: 17/02/17 11:51:29

 

A crise do petróleo ocorrida na década de 1970, além de disparar o preço do barril, que ultrapassou a marca dos US$ 50, despertou debates em todo o mundo sobre a necessidade de uma nova fonte de energia para substituir os combustíveis fósseis. Naquela época, o Brasil produzia 500 milhões de litros de álcool. A partir de 1975, a criação do Programa Nacional do Álcool (Proálcool) impulsionou a produção e hoje são produzidos 21 bilhões de litros. No entanto, estima-se que a demanda pelo etanol brasileiro, para consumo interno e exportação, seja superior a 40 bilhões de litros.

Segundo o professor Octávio Valsechi, do Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Socioeconomia Rural da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que há 37 anos se dedica ao estudo da cadeia sucroenergética, capacitar os profissionais das indústrias é fundamental para aumentar a produção. “É necessário formar, atualizar e requalificar os profissionais, proporcionando-lhes competências gerenciais, novas habilidades técnicas, profundo conhecimento da empresa, de seus fornecedores, clientes e do ambiente que atuam”, afirma.

A UFSCar, com o objetivo de proporcionar essa formação, oferece a 13ª turma do programa de Master of Technology Administration (MTA) em Gestão Industrial Sucroenergética. As inscrições vão até 10 de março. O programa MTA é pioneiro neste âmbito com o foco em Administração de Tecnologia. Essa pós-graduação, com nível de especialização lato sensu, tem o reconhecimento do Ministério da Educação.

O curso aborda questões básicas como matéria-prima, geração de energia elétrica, produção de álcool e cana-de-açúcar orgânica, logística, mercado, controle de qualidade, metodologia científica, novas tecnologias e gestão. Podem participar engenheiros, administradores, economistas, tecnólogos e demais profissionais com formação em nível superior que exercem ou pretendem exercer atividades relacionadas ao setor sucroenergético. O corpo docente é formado por renomados pesquisadores da UFSCar, do antigo Instituto Nacional do Açúcar e do Álcool, pioneiro nos estudos dessa cadeia produtiva e do Proálcool, além de outras instituições.

 Curso – As aulas serão ministradas na cidade de Sertãozinho (SP), nas dependências da Universidade Corporativa do Setor Sucroenergético (Uniceise), a partir do dia 18 de março em encontros quinzenais aos sábados. O curso, com duração de 1 ano e 8 meses, tem a parceria do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (Ceise-BR). A ficha de inscrição está disponível em www.mta.ufscar.br. O Curriculum Vitae deve ser enviado para o email mta@cca.ufscar.br. A seleção dos candidatos será feita por meio de análise curricular. Mais informações pelo telefone (19) 3543-2614.

(foto: FAI.UFSCar)